fbpx
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin

Gravidez e coronavírus: confira os cuidados necessários

O mundo todo está apreensivo com o rápido avanço da Covid-19. No Brasil, os números da doença não param de subir, sendo que, no início de junho de 2020, chegamos a mais de 550 mil casos confirmados e 32 mil mortes. Nesse cenário, como ficam as gestantes? Qual a relação entre gravidez e coronavírus?

A espera do bebê, que já é marcada por tanta ansiedade, pode deixar as futuras mamães mais preocupadas com esse risco de infecção. Nessa hora, surgem diversas dúvidas sobre como se proteger e como proceder em relação ao pré-natal.

Para explicar melhor essas e outras questões, preparamos este post. Continue a leitura e descubra como ter uma gestação tranquila na pandemia!

O vírus passa da mãe para o filho?

Uma grande preocupação das grávidas em relação ao coronavírus é se há risco de transmitir a doença para o bebê. Os modos de contágio desse novo vírus ainda são desconhecidos para os médicos, por isso, há diversas pesquisas sobre suas possíveis formas de transmissão, inclusive na gestação.

Contudo, até o momento, não existem evidências de que a mãe possa transmitir a Covid-19 para o bebê durante a gravidez ou no momento do parto. Isso porque as características do coronavírus ainda estão sendo estudadas.

As pesquisas realizadas até então não encontraram o vírus na placenta, no líquido amniótico, no fluido vaginal, no sangue do cordão umbilical nem no leite materno. Então, não é preciso se preocupar?

Não é bem assim: quando se fala em gravidez e coronavírus, é preciso ter em mente que as gestantes podem estar mais suscetíveis a infecções respiratórias, principalmente no último trimestre. Isso porque elas passam por mudanças em seu corpo que podem afetar sua imunidade.

Grupo de risco

Dessa forma, elas são consideradas pelas autoridades de saúde como grupo de risco. Não é preciso ter pânico, porque isso não significa que elas vão desenvolver a forma mais grave da doença.

Serve, portanto, como um alerta para tomar todas as precauções para evitar a contaminação, preservando a própria saúde e a do bebê. Aliás, os cuidados devem ser mantidos no puerpério — período após o parto em que o sistema imunológico da mulher também pode ficar mais frágil.

Atenção às comorbidades

É necessário frisar que as medidas para evitar o contágio devem ser redobradas por gestantes que apresentem outras comorbidades. Entre elas, problemas cardíacos ou um quadro de pré-eclâmpsia — que é quando a pressão arterial fica elevada na gravidez.

Que cuidados as gestantes devem ter durante a pandemia?

É necessário, assim que a mulher descobrir que está grávida, redobrar os cuidados para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Confira, a seguir, as principais medidas que devem fazer parte do dia a dia da gestante nesse período de pandemia:

  • procurar só sair de casa se for realmente necessário;
  • evitar aglomerações;
  • lavar as mãos constantemente com sabonete ou higienizá-las com álcool em gel 70%;
  • não tocar olhos, nariz e boca;
  • fazer o distanciamento social, ou seja, não receber visitas durante a gravidez nem mesmo depois que o bebê nascer;
  • quando sair de casa, usar máscara e manter o distanciamento de dois metros de outras pessoas;
  • caso receba alguma encomenda em casa, também usar máscara para encontrar o entregador;
  • higienizar todos os itens de supermercado antes de guardá-los;
  • evitar carnes malcozidas ou cruas;
  • higienizar bem frutas, legumes e verduras antes do consumo;
  • manter uma alimentação saudável para ficar com o sistema imunológico fortalecido;
  • em caso de algum sintoma de infecção pela Covid-19, como tosse, febre e dificuldade respiratória, procurar o serviço médico.

Cuidados com a saúde mental

Sabemos como as mulheres ficam mais sensíveis na gestação, então, quando se fala de gravidez e coronavírus, é fundamental cuidar também da saúde mental. Isso porque as preocupações excessivas por conta da doença geram estresse e ansiedade, o que não vai fazer nada bem para a mamãe e para o bebê.

Desse modo, procure fazer atividades relaxantes em casa, como meditação e ioga, praticar atividades físicas leves e, por que não, dedicar-se a um hobby nesse período de distanciamento social. Fazer artesanato, ler livros e costurar pode deixar a mente mais leve.

Outra recomendação é tomar cuidado com a exposição excessiva ao noticiário sobre a Covid-19. É importante manter-se informado, mas ficar acompanhando o aumento de casos a todo momento só vai trazer mais apreensão.

Como fica o pré-natal?

Se a recomendação para as gestantes é não sair de casa, como ficam as consultas do pré-natal? O acompanhamento médico é essencial para monitorar a saúde da mãe e o desenvolvimento do bebê, por isso deve ser mantido. Isso porque o obstetra faz uma avaliação geral da gestante e exames, como o ultrassom, para se certificar de que tudo está bem.

Segundo a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), as gestantes devem continuar com o pré-natal. As precauções são evitar aglomerações nas salas de espera e permanecer o mínimo de tempo possível no atendimento. É recomendado sempre usar máscara na consulta e evitar ir com um acompanhante.

A Febrasgo informa que os intervalos entre as consultas do pré-natal podem ser ampliados caso não haja risco para mamãe e bebê. Dessa maneira, a gestante fica menos exposta à contaminação. Converse com o seu médico para tomar a melhor decisão em relação a esses atendimentos.

É necessário, ainda, que os consultórios dos obstetras disponham de álcool em gel para uso das pacientes, mantenham o ambiente ventilado e realizem os agendamentos de forma a evitar concentração de pessoas no local. É preciso que esses espaços estejam sempre limpos e desinfetados.

O vírus ainda traz muitas dúvidas em relação aos seus efeitos na gestante. Desse modo, é muito importante que a futura mamãe tome todos os cuidados para evitar o contágio da Covid-19.

Fonte: amorsaude

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat