fbpx
Plano de Saúde Appai

Você que é Professor da Rede Pública de Ensino do Rio de Janeiro  (Estadual e Municipal) temos preços especiais para você. Somos credenciados para os seguintes exames:

  • Vídeo Histeroscopia
  • Inserção de DIU

DIU

O DIU. é um método contraceptivo bastante eficiente, reversível, e que pode ser utilizado por um período de tempo prolongado. Sua inserção é simples e rápida, em sua grande maioria, realizada em consultório ginecológico, embora seja necessária, em alguns casos, a inserção sob sedação. Atualmente existem três tipos de DIU disponíveis: os não hormonais, que são o DIU de cobre e o de prata e o hormonal ou SIU (Sistema Intra Uterino) ou de Mirena.

 

Quais as Vantagens de usa DIU?

Como Funciona?

DIU de cobre modifica as condições dentro do útero e altera as características morfológicas do endométrio, o que acaba dificultando a passagem do espermatozóide para a tuba (trompa) não ocorrendo a fecundação. O DIU de cobre pode provocar aumento do fluxo menstrual e das cólicas menstruais.

DIU de prata consiste na combinação da prata e do cobre com o intuito de diminuir a fragmentação do cobre no organismo e com isso, promete aumentar a eficácia e reduzir a chance de intensificar o fluxo e as cólicas menstruais.

DIU hormonal ou SIU ou de MIRENA libera um hormônio chamado Levonorgestrel (progesterona) em uma taxa constante, no entanto em quantidades muito pequenas. O DIU hormonal controla o desenvolvimento do endométrio (camada que reveste o útero) impedindo que fique suficientemente espessa para possibilitar a gravidez. Em alguns casos, o DIU hormonal é indicado para o tratamento do sangramento excessivo, como proteção contra a hipertrofia endometrial (aumento excessivo da camada que reveste o útero) e também para pacientes que não desejam os incômodos da menstruação.

Vídeo Histeroscopia

Diagnóstica

Procedimento indicado para visualização da cavidade uterina permitindo diagnóstico preciso e eficaz orientação terapêutica. Realizada através de uma micro câmera e instrumental específico em ambiente ambulatorial sem a necessidade de anestesia, na grande maioria das vezes.

 

 

Indicado em casos de:

Ainda, a vídeo histeroscopia diagnóstica é importante método para o reposicionamento e retirada de D.I.U. quando não for possível visualização do fio.

Indicado em casos de:

Cirúrgica

Método minimamente invasivo realizado em nível hospitalar. O procedimento em nível hospitalar ocorre após avaliação de exames complementares e risco cirúrgico, pois requerem anestesia. Não são necessários “cortes” e “pontos” e o retorno às atividades do dia a dia é mais breve do que em uma cirurgia convencional. 

O que nossos clientes estão dizendo?

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.