fbpx
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Share on linkedin

Opções de tratamento para Endometriose

  • Medicamentos para controlar a dor menstrual,
  • Cirurgia para retirar as áreas afetadas pela endometriose,

O tratamento da endometriose depende dos seguintes fatores:

  • Idade,
  • Gravidade dos sintomas,
  • Gravidade da doença,
  • Se a mulher deseja ter filhos.

Tratamento com hormônios

tratamento habitualmente envolve a interrupção do ciclo menstrual.

Para isso, são usadas pílulas anticoncepcionais de modo contínuo, ou seja, sem pausas para menstruar.

Também podem ser usados progestagênios isolados, hormônios injetáveis, implantes ou DIU que libera progesterona.

Este tipo de terapia alivia a maioria dos sintomas da endometriose, mas não elimina os focos de endometriose ou as aderências causadas pela doença.

O tratamento hormonal também não reverte as alterações anatômicas que já ocorreram.

Tratamento com outros medicamentos

Considerados cada vez menos no tratamento da endometriose, os agonistas do GnRH vão impedir os ovários de produzir estrogênio.

Os principais efeitos colaterais incluem sintomas de menopausa, como ondas de calor, secura vaginal, alterações de humor e perda precoce de cálcio dos ossos, motivo pelo qual este tratamento não costuma ter duração por um tempo superior há 6 meses.

Cirurgia para endometriose

Uma vez confirmado o diagnóstico de endometriose, a laparoscopia pode ser utilizada para o tratamento das lesões.

Por ser uma cirurgia minimamente invasiva, mas ao mesmo tempo resolutiva, hoje é o tratamento de escolha quando uma cirurgia for indicada.

A laparotomia (corte no abdome) como opção terapêutica, raramente é indicada para o tratamento da endometriose.

Idealmente a cirurgia para endometriose deve retirar todos os focos da doença, ao invés de simplesmente cauterizar os focos de endometriose e desta forma minimizando as possibilidades de retorno da doença.

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento.

Siga sempre as orientações do seu médico.

Referências bibliográficas

Acurácia do Ultrassom Transvaginal para Diagnóstico de Endometriose Profunda no Retossigmoide: Revisão Sistemática e Meta-Análise. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26213903/

Abordagem sistemática da avaliação ultrassonográfica da pelve em mulheres com suspeita de endometriose, incluindo termos, definições e medidas: uma opinião de consenso do grupo International de Analise da Endometriose Profunda (IDEA). https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27349699/

Diagnóstico por ultrassom de endometriose e adenomiose: estado da arte. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29506961/

Ultrassonografia para Endometriose Profunda Infiltrativa e Ovariana. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28076877/

Ultrassom transvaginal versus ressonância magnética para diagnóstico de endometriose profunda infiltrativa: revisão sistemática e metanálise. https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29154402/

Artigo publicado por Dra. Aline Mormilo Borges CRM 120.044

Fonte: Quais os tratamentos para Endometriose? – Humanize Diagnósticos (humanizediagnosticos.com.br)

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.