fbpx

Saúde íntima – Cuidados indispensáveis no verão

Não adianta, calor, praia e piscina fazem do verão uma época delicada para a saúde íntima. É um período empolgante, mas também é na estação mais quente que precisamos cuidar ainda mais desta região. 

Dicas como: usar roupas mais soltas para facilitar a transpiração. Outras como: não exagerar nos banhos ou ficar com o biquíni molhado por horas. São pontos essenciais.

Optar por sabão neutro para lavar suas peças, lembrando sempre de enxaguar bem e não deixar as peças secando no banheiro – como trata-se de um local úmido, o ambiente propicia a multiplicação de fungos nas roupas íntimas. Hoje irei passar essas e outras dicas preciosas para você. Continue acompanhando!

:: Evite fungos e bactérias

O verão chegou e o desejo é um só: colocar um biquíni e aproveitar o sol na  praia ou na piscina. Se esta é a época do ano em que estamos mais expostos (literalmente) por aí, também é a estação mais quente do ano, a que exige maiores cuidados com a saúde da região íntima feminina. Isso porque é no verão que doenças como a candidíase são mais frequentes.

Isso ocorre porque o clima quente é ideal para a proliferação de fungos e bactérias, por conta da transpiração íntima ser maior do que no restante do ano. Por isso, alguns hábitos influenciam diretamente na saúde íntima das mulheres:

– Usar roupas muito justas e ficar com biquíni molhado por muito tempo podem causar irritações e até infecções. É preciso deixar a região seca, além de usar roupas mais leves para permitir uma “transpiração” adequada.

Para garantir um verão tranquilo e sem surpresas desagradáveis, confira cinco dicas em relação a cuidados extras com a saúde íntima:

:: Opte por roupas leves

Passar longos períodos com calças ou shorts apertados ou justos demais tende a “abafar” a região pélvica, deixando-a úmida e com retenção de calor. Opte por peças como saias e vestidos, que ajudam a respiração da região íntima, assim como calcinhas de algodão.

:: Não exagere nos banhos diários

Na higiene diária, opte por utilizar sabonetes líquidos íntimos femininos – esses produtos possuem um pH compatível com o da região íntima feminina graças à presença do ácido lático, agente responsável por esse equilíbrio. Quando o pH fica desequilibrado – em situações de estresse ou devido à própria umidade extrema –, a vagina fica predisposta ao surgimento de infecções. Esses sabonetes você encontra em qualquer farmácia.

:: Nos dias mais quentes, prefira peças de algodão

Lingeries produzidas com tecidos sintéticos, como náilon ou renda, ajudam a aumentar ainda mais a umidade da região por atrapalharem a transpiração. Calcinhas de algodão, por sua vez, permitem um correto arejamento da região. Dormir sem calcinhas também é uma dica valiosa.

:: Evite ficar com roupas molhadas por muito tempo

Após aquele banho de mar ou de piscina para dar uma refrescada, não fique por muito tempo fora da água com o biquíni ou o maiô molhado. Mais uma vez, o problema é a umidade em excesso na região íntima que, aliada ao abafamento provocado pelos tecidos sintéticos da moda praia, permite a criação de um ambiente perfeito para a proliferação de bactérias e fungos causadores de infecções.

:: Evite o uso de amaciantes e alvejantes nas peças íntimas

Essas substâncias podem estragar as fibras do tecido e causar alergia com o uso prolongado.

Pronto – agora é só curtir o sol e o calor com saúde!

Conte com um profissional especializado

A Ginecologia é a especialidade médica que cuida da saúde da mulher em todas as fases da vida. Tem um papel importantíssimo tanto na prevenção, quanto no tratamento de doenças relacionadas aos órgãos genitais femininos. Conte com ajuda de profissionais especializados. 

Dra. Sibele Klitzke – Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia – Especialista em Ginecologia e Obstetrícia

Fonte: https://sibeleklitzke.com.br/novidades/cuidados-com-a-saude-intima-no-verao

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.